domingo, 24 de janeiro de 2010

Amar

ruas douradas fazem meus olhos
despetalas em flores criam pomares
em minhas peles e roupas

um mar delicado

solidão.

mais que as farpas diárias
mais que as faltas em filas

amor de quem escreve poesia

"deus nao nos deixes
como meus irmaos estais deixando"


posso simplesmente amar
como um camumbembe entre as pitombeiras?

Um homem da minha rua
sempre ndesfez das pessoas
agora ficou arrastando uma perna
como sequela de ataque do coração

ai penso:
deus são os fluidos cósmicos
de sol
de árvores
de água
de felicidade
e de evolução espiritual

tipo, o caminho das formigas
são os nossos caminhos.

Um comentário:

Chalana disse...

Aaaain que liindo Ramando goostei dessa.